in A Espiral

A Espiral #19 – Carl Barks – Parte 1

A ESPIRAL: A cada edição, uma proposta diferente, um formato diferente e uma ideia sensacional que pode ganhar proporções inimagináveis.

NESTA EDIÇÃO D’A ESPIRAL

Você já leu quadrinhos da Disney? Já teve pelo menos uma (se não mais) história do Donald ou do Tio Patinhas que foi tão divertida que você se lembra até hoje?  Pois saiba que existe uma grande chance dessa história ter um nome por trás dela: CARL BARKS, o artista Disney também conhecido como O HOMEM DOS PATOS!

E hoje o nosso programa traz a presença de seu anfitrião, Tiago “The Portal” Soares recebendo os ilustres convidados Alexandre “Nerdmaster” (Paranerdia), Lucas (Clímax), Matheus (Projeto Inducks) e Wellington “MacGaren” (Clarim Diário e Clímax) para revelar aos ouvintes um pouco sobre a vida e a obra deste ilustre desconhecido.

E este programa continua, na parte 2, na semana que vem!

 

LINKS DO PROGRAMA

Lista de trabalhos de Carl Barks no cinema e na televisão (via IMDB).

Página da história dos Lemingues do Tio Patinhas.

 

DURAÇÃO

47 minutos

E-MAILS

Mande suas mensagens para espiral@dimensaonerd.com.

 

TWITTER

Acompanhe nossas atualizações no Twitter pelo perfil @AEspiral

 

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA

Reproduzir
  1. Caramba, que legal, um cast sobre Carl Barks. Não vou dizer que conheço toda a carreira do cara, mas o nome felizmente já era conhecido para mim, como o “pai” do Tio Patinhas. Aliás, o Tio Patinhas é o meu personagem favorito de toda a Patópolis. De toda a Disney, aliás 🙂
    Infelizmente minha memória me trai nos específicos, mas eu lembro que adorava DuckTales.

    E nos quadrinhos, uma das história que eu nunca esqueci foi uma que o Tio Patinhas compra uma equipe de carros de corrida, coloca o Donald como piloto e os sobrinhos como “assistentes” (olha o trabalho infantil aí). Lembro que numa corrida o Donald estava reclamando que os pneus não estavam durando nada, e ele tinha que entrar nos boxes o tempo todo, ficando para trás. Aí um dos sobrinhos notou que eram pneus de chuva, no que o Patinhas prontamente replicou que os comprou porque “eram os mais baratos”. Mas, para a sorte e reviravolta total, do nada começa a chover TORRENCIALMENTE e todos os carros batem, um após o outro, MENOS o Donald, que ganha a corrida por se o único carro ainda inteiro. E o Patinhas fica feliz não pela vitória do seu piloto, mas porque ganhou propaganda gratuita para os seus ginchos, rebocando todos os carros concorrentes. Pelo menos é assim que eu me lembro da história 😀

    No mais, fico no aguardo para a parte 2 🙂

  2. Essa história é mesmo legal e sempre lembrada pelos fãs mas não é do Carl Barks. Ela é feita por Italianos e tem nos desenhos outro mestre Disney o Giorgio Cavazzano.

Comments are closed.