in Iniciativa Dharma Estação Podcast

Iniciativa Dharma Estação Podcast #27 – Happily Ever After

NAMASTÊ!

Semanalmente, INICIATIVA DHARMA – ESTAÇÃO PODCAST trará a análise mais aprofundada e/ou divertida do seriado LOST, suas conexões e revelações.

Nesta edição, Rafael Pepe (sem a Srta. B) recebe vários convidados! O tão sumido Vinícius Schiavini está de volta e com ele também o nosso Daniel Widmore Reginaldo Lione. Essa edição conta ainda com a presença do ilustre Leo Lopes [Radiofobia] e os convidados de honra Lula e Silvio Santos.

Essa turma toda assiste junta o décimo-primeiro episódio da última temporada de LOST e você ainda descobre como seria LOST se fosse um filme brasileiro.

Confira o vídeo da palestra sobre glândula pineal falado pelo Reginaldo no podcast (pode ser a resposta dos flash-sideways?)

DURAÇÃO

78 minutos.

E-MAILS

Elogios, críticas, teorias e vídeos de orientação devem ser enviados para dharma@dimensaonerd.com.

Reproduzir
  1. O programa estava excelente, assim como o episódio. Só senti pela falta da Bárbara. Mas o trio de apoio Schias, Léo Lopes e Reginaldo Lione deram um show. Aliás, ver Schias e Léo falando sério por mais de cinco minutos foi tão surpreendente quanto LOST.

  2. Boa noite aos participantes. Antes de mais nada, desculpe não ter postado no anterior, mas San e Jin é aquele negocio, não tem o que falar.

    O cast esta fantástico, e é sempre uma surpresa ver Schias sério. E espero que esteja tudo bem com a Bárbara pra que ela volte logo.

    Sobre oi episódio em si é bom saber que finalmente a época das vacas magras deu uma tregua. Saber que os Flashsides estão finalmente tendo uma função, mas uma coisa não ficou muito clara. São todos no mesmo Universo?

    Permitam-me reformular. Ouvindo o que vocês disseram fora o vôo em nenhum flashside apareceu duas vezes o mesmo personagem, assim fica difícil perceber se não é uma realidade singular pra cada um deles, ou se, concomitantemente, estão todos no mesmo lugar ou tempo.

    A segunda me parece mais provável, já que seria uma cena no mínimo ridícula aparecerem uma dúzia de Kates alternativas, mas tem alguma chance de a primeira estar certa?

    Digo um flash na Terra – 2, um na 3 e assim sucessivamente.

Comments are closed.